Prêmios
Artistas premiados, membros do júri e curadores do 20º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil no palco do Teatro do Sesc Pompeia, 08 de outubro de 2017 (foto: Pedro Napolitano Prata)

O conjunto de prêmios oferecido pelo 20º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil visa contemplar e estimular o desenvolvimento de artistas com uma produção instigante, independentemente de linguagens e meios. Eles incluem prêmios em dinheiro, parte correspondendo à aquisição de obras, e prêmios de residência artística, que obedecem a uma estratégia consolidada de promover experiências de troca e deslocamento como forma de estimular a criação e enriquecer trajetórias. Todos os prêmios foram atribuídos pelo júri de premiação do Festival, composto por curadores convidados e representantes dos programas de residência.


Prêmios Especiais

Prêmios de Aquisição Acervo Sesc de Arte

O Sesc São Paulo, realizador do Festival, ofereceu três Prêmios de Aquisição Acervo Sesc de Arte a obras em vídeo. Os seguintes artistas receberão R$ 25 mil cada um, e seus trabalhos passarão a integrar o acervo de arte contemporânea da instituição:

Bárbara Wagner & Benjamin de Burca (Brasil/ Alemanha),
obra Faz que vai (2015, vídeo);

Filipa César (Portugal/ Alemanha),
obra Transmission from the Liberated Zones (2015, vídeo);

Quy Minh Truong (Vietnã),
obra Vuon Bau Xanh Tuoi (2016, vídeo).


Prêmio O.F.F. - Ostrovsky Family Fund

A fundação Ostrovsky Family Fund, que atua nos Estados Unidos, Israel e Brasil apoiando iniciativas na área cultural, ofereceu o Prêmio O.F.F., no valor de R$ 25 mil, a Jaime Lauriano (Brasil), pelas obras Morte Súbita (2014, vídeo) e O Brasil (2014, vídeo).


Prêmios de residência artística

O Festival oferece prêmios de residência artística de forma sistemática desde o começo dos anos 2000, em colaboração com uma rede dinâmica de instituições e programas de intercâmbio parceiros no mundo todo. A interdisciplinaridade e o foco no diálogo Sul-Sul são características importantes para boa parte destas organizações, embora ofereçam, no conjunto, uma diversidade de experiências, e linhas de reflexão e trabalho. Os prêmios de residência foram atribuídos pelo júri do Festival, levando em conta afinidades entre a pesquisa de cada artista premiado e as diretrizes de cada programa. Cinco artistas foram contemplados e realizarão intercâmbios de dois meses, entre 2018 e 2019, com passagem aérea, acomodação e per diem incluídos:

Graziela Kunsch (Brasil), obras Ensaio Ilú Obá de Min (2015, video) e Escolas (2016, video): Ujazdowski Castle Centre for Contemporary Art (Polônia);

Engel Leonardo (República Dominicana), obra Pisos (2017, instalação): Kyoto Art Center (Japão);

La Decanatura (Colômbia), obra Centro Espacial Satelital de Colombia (2015, vídeo): Pro Helvetia (Suíça);

Emo de Medeiros (França/ Benim), obras Kaleta/Kaleta (2013-2017, videoinstalação em três canais) e Vodunaut #009, Vodunaut #010, Vodunaut #011(da série Vodunaut, 2016-2017, instalação): Residência Vila Sul do Goethe-Institut (Brasil);

Natasha Mendonca (Índia), obras Ajeeb Aashiq (2016, filme) e Trance (2016, video): Wexner Center for the Arts (EUA).


Menção honrosa

Andrés Padilla Domene (México/França), obra Ciudad Maya (2016, vídeo).


Acesse o site do Videobrasil para mais informações




Sobre os Prêmios de Residência Artística

Prêmio de Residência Centre For Contemporary Art Ujazdowski Castle
CCA Ujazdowski Castle
Varsóvia, Polônia

O primeiro centro indisciplinar de arte da Polônia e um dos centros de arte mais relevantes e ativos do Leste Europeu. Promove cerca de quatrocentos eventos anuais, que envolvem não só profissionais, artistas e estudantes, mas também públicos que não convivem cotidianamente com arte. As residências para artistas, curadores, designers e pesquisadores constituem uma parte importante do programa. Desde 2002, já foram recebidos cerca de duzentos residentes do mundo inteiro, que puderam colaborar com importantes instituições, galerias e festivais de arte internacionais. Os curadores do U–jazdowski – Ika Sienkiewicz-Nowacka (diretora), Marianna Dobkowska, Anna Ptak, Agnieszka Sosnowska e Aleksandra Biedka (gerentes) –, criam, para cada residente, a partir de sua prática individual, uma rede de cooperação com artistas, ativistas, pesquisadores e instituições.

Prêmio de Residência Goethe-Institut
Residência Vila Sul
Salvador, Brasil

O primeiro programa de residência da instituição no Sul tem como sede uma cidade que é central nos diálogos Sul-Sul. Situada no Atlântico negro, Salvador foi a primeira capital brasileira e tem formação afro-brasileira. O traço essencial do programa é o intercâmbio entre os artistas residentes e a população local, tendo como focos temáticos a conexão entre América do Sul e África, e o conceito de Sul Global. O Instituto dispõe de teatro-estúdio, galerias, pátio e biblioteca, e oferece condições ideais para encontros em diversos formatos, voltados a promover reflexões e impulsionar a produção cultural.

Prêmio de Residência Kyoto Art Center
Kyoto Art Center
Kyoto, Japão

O Kyoto Art Center é um centro cultural dedicado a promover o intercâmbio entre Kyoto e a cena artística global. Seu programa de residências oferece apoio a artistas e pesquisadores emergentes interessados em exercer atividades criativas na cidade. Concebido como um lugar onde as várias linguagens artísticas se encontram e para a criação de novas manifestações culturais, por meio da revitalização das tradições da cidade, relacionadas à tecnologia, à indústria e à vida cotidiana de seus cidadãos.

Prêmio de Residência Pro Helvetia | Programa América do Sul

O Prêmio de Residência Pro Helvetia | Programa América do Sul é oferecido pela Fundação Suíça para a Cultura Pro Helvetia em parceria com o 20º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, dentro do contexto de seu programa de intercâmbio na América do Sul 2017-2020. O programa pretende fomentar o intercâmbio cultural e nutrir novas parcerias entre a Suíça e os países da América do Sul. Um artista baseado na América do Sul receberá uma residência de três meses em um dos programas parceiros da Pro Helvetia, na Suíça. A época e o local da residência serão definidos com o artista, de acordo com suas demandas e interesses de pesquisa específicos.

Prêmio de Residência Wexner Center for the Arts
Wexner Center for the Arts
Columbus, EUA

Os artistas contemplados com o Prêmio de Residência Artística Wexner Center for the Arts constituem uma categoria à parte entre os muitos que recebem apoio da instituição anualmente. Todos os anos, um grupo de artistas de todas as disciplinas criativas é escolhido pelos diretores e curadores do Centro para receber o prêmio. Comemorando seu 22º aniversário nesta temporada, o Programa de Residência Artística do Wexner oferece um suporte mais substancial: recursos financeiros consideráveis, além de apoio técnico, intelectual, profissional e moral para desenvolver novos trabalhos.

Apoio institucional
Apoio cultural
Parceiros de residência
Colaboração